Online discussion series terça-feira, 02. Fevereiro 2021

#7 Direitos Humanos sob ataque: desafios e perspectivas

Diálogos Brasil-Berlim

Criador: Mecila. All rights reserved.
Data, Hora
ter, 02. fev 2021,
6:00 pm – 8:00 pm Salvar no meu calendário
Endereço
➽ Online Event

Sob o lema "direitos humanos para humanos direitos", o conservadorismo de direita no Brasil tem desafiado o caráter universal e indivisível dos direitos humanos, os quais contemplam de forma inseparável e complementar direitos civis-políticos e econômicos, direitos sociais e culturais. Neste contexto, os instrumentos de proteção dos direitos humanos vêm sendo sistematicamente debilitados, enquanto pessoas dedicadas à sua defesa vêm sendo crescentemente ameaçadas e criminalizadas. O painel discute estas ameaças e as reações a elas por parte da sociedade civil, do judiciário e dos organismos internacionais de controle.

Participantes:
Oscar Vilhena Vieira (jurista, Fundação Getulio Vargas, Brasil)
Paulo César Carbonari (Movimento Nacional de Direitos Humanos, Brasil)
Bianca Santana (Coalizão Negra, Brasil)
Sônia Guajajara (liderança indígena, Brasil)

Coordenação: Camila de Abreu (FDCL), Stefan Ofteringer (MISEREOR)


Ciclo de debates: Diálogos Brasil-Berlim 2020/2021

O Brasil passa por diversas crises simultâneas. No plano político, o avanço da extrema direita vem colocando as instituições e o convívio democráticos permanentemente em xeque.  Do ponto de vista econômico, a estagnação que vigora desde 2015 vem sendo agravada pela crise vinculada ao Coronavírus na medida em que a negligência do governo federal facilitou a propagação descontrolada dos contágios. Do ponto de vista ambiental, o descuido estatal na aplicação e fiscalização da legislação pertinente e o debilitamento deliberado dos organismos de proteção ambiental levaram a uma crise ecológica sem precedentes. Essas crises múltiplas aprofundam-se e alimentam-se mutuamente, criando, para o país, um cenário de incertezas e distopias.

Diante deste contexto, cabe buscar tanto analisar os processos em curso quanto discutir e difundir junto à opinião pública interessada argumentos e instrumentos que possibilitem a compreensão e a busca de superação dessas múltiplas crises. O objetivo deste ciclo de debates é, portanto, propiciar uma discussão qualificada entre especialistas, jornalistas, artistas, ativistas e parlamentares no Brasil e na Alemanha visando promover o esclarecimento e o aprendizado mútuos.

A série será realizada como eventos digitais no Zoom. Por favor, registre-se nesta página clicando em "Inscreva-se agora". A participação é gratuita.

A tradução simultânea Português-Alemão estará disponível no Zoom.

Além disso, será feita uma transmissão ao vivo através do canal Youtube de Mecila em português.

Uma cooperação da Fundação Heinrich Böll com: Instituto de Estudos Latino-Americanos (LAI) da Freie Universität Berlin,  Fundação Friedrich Ebert (FES), Fundação Rosa Luxemburg (RLS), Fórum América Latina (LAF), Centro de Pesquisa e Documentação Chile-América Latina/Iniciativa Brasil-Berlim (FDCL/BIB), MISEREOR, Maria Sibylla Merian Centre Conviviality-Inequality in Latin America (Mecila) e Global South Studies Center (GSSC) da Universität zu Köln

Informações Fundação Heinrich Böll
Julia Ziesche, Departamento América Latina, Fundação Heinrich Böll
E-mail ziesche@boell.de


Aviso

Gostaríamos de ressaltar que o evento online ocorre através do programa Zoom. Para cada evento da série  (com participação do público), poderá ser usados opcionalmente uma câmera e/ou um microfone para participar.

Você pode usar a versão de cliente do programa ou o aplicativo. Se você a acessar através do navegador, a função de interpretação pode não estar disponível em sua totalidade. Infelizmente, o sistema operacional Linux/Ubuntu não suporta a função da tradução. Mais informações sobre como usar o Zoom podem ser encontradas aqui. Por favor, certifique-se de estar usando a última versão do Zoom para que você tenha as configurações necessárias.

Você receberá os dados de acesso ao evento online para o Zoom por e-mail 24 horas e novamente 2 horas antes do evento mediante inscrição.

Aplicam-se normas de proteção de dados. A Fundação Heinrich Böll não assume nenhuma responsabilidade pelo uso do software Zoom. Você pode encontrar as diretrizes atuais de proteção de dados do Zoom aqui.